A global citizen science platform
to discover, share and identify wildlife

Join Project Noah!

Acrogonia

Acrogonia citrina

Description:

As cigarrinhas das famílias Cicadellidae e Cercopidae são vetores da bactéria Xylella fastidiosa Wells, causadora da Clorose variegada dos citros. Esta doença traz sérios prejuízos à lavoura de citros no Noroeste Paranaense, e é estudada no Brasil desde 1987, quando foi descoberta pela primeira vez na região de Colina, São Paulo. Os vetores transmitem a X. fastidiosa quando se alimentam sugando a seiva do xilema, local onde a bactéria se instala, obstruindo a passagem da seiva. Este trabalho teve o objetivo de avaliar a ocorrência das cigarrinhas vêtoras Dilobopterus costalimai e Acrogonia citrina em pomar comercial de citros. O experimento foi realizado no sítio "Laranjeiras I", município de Nova Esperança, região noroeste do Paraná, no período de julho de 2004 a agosto de 2006. Foram feitas amostragens mensais, por meio de armadilhas adesivas amarelas (Biocontrole®), nas variedades de laranjeiras [Citrus sinensis (L.) Osbeck] Folha Murcha, Valência, Pêra e Natal. Nas variedades Pêra e Valência, a cigarrinha mais capturada foi Dilobopterus costalimai. Os meses de maior ocorrência das espécies foram entre dezembro e maio de cada ano. ____________________________________________________________ The sharpshooters of the families Cicadellidae and Cercopidae are vectors of Xylella fastidiosa (Wells), which causes citrus variegated chlorosis. This disease causes severe damage to the Paraná citrus industry, and it has been studied in Brazil since 1987, when it was discovered for the first time in the area of Colina, SP. The vectors transmit X. fastidiosa when they feed on the xylem sap, where the bacteria settles, obstructing the passage of the sap. This work had the objective of evaluating the occurrence of the vector sharpshooter Dilobopterus costalimai and Acrogonia citrina in a commercial citrus orchard during the period between July 2004 and August 2006. The experiment was accomplished in the Laranjeiras I farm, in the city of Nova Esperança, northwestern Paraná. The collections were undertaken monthly, and yellow stick traps (Biocontrole®) was used as a sampling method in Folha murcha, Valência, Pêra and Natal oranges trees [Citrus sinensis (L.) Osbeck]. In Pêra and Valência trees, the most often captured sharpshooter was Dilobopterus costalimai. The months of higher occurrence of these species were between December and May of each year.

Habitat:

Quintal. Descansando em uma Combretaceae.

Notes:

É a segunda vez que encontro fêmea Acrogonia citrina em meu quintal (http://www.projectnoah.org/spottings/417...). Não tenho ideia de onde vieram. Não há citros (Citrus género / Rutaceae) em meu quintal, mas é fácil encontrar laranjeiras e limoeiros na região. Foi uma novidade para mim, quando vi essa cigarrinha fina e longa, com seu padrão de papel de parede florido antigo. Não conhecia essa espécie. Agradeço a Mona pela ID. Dessa vez, haviam duas fêmeas. Ficaram uma semana pousadas na mesma folha de uma amendoeira (T. catappa) que está crescendo em meu quintal. Choveu, ventou forte, o sol insidia diretamente sobre elas, mas elas permaneciam lá, firmes na folha. Acho que não botaram ovos. Desapareceram tão misteriosamente quanto surgiram.

Species ID Suggestions



Sign in to suggest organism ID

Comments

Sckel
Spotted by
Sckel

Cariacica, ES, Brazil

Lat: -20.24, Long: -40.44

Spotted on Dec 3, 2013
Submitted on Dec 3, 2013

Spotted for Mission

Related Spottings

Sharpshooter Leafhopper Acrogonia Acrogonia

Nearby Spottings

Soldier fly Stink Bug - Wasp parasitizing eggs Aranha-caranguejo / Crab spider Pompeius Skipper